Notícias

Dor Mamária - Clínica Doutor Dorgan

Dor Mamária

A dor na mama também chamada de mastalgia, porém quando relacionada a menstruação, ela recebe o nome de mastodinia.
A dor nos seios é um sintoma extremamente comum. Cerca de 60% das mulheres têm algum grau de mastalgia, mas poucas consideram esse sintoma importante, o suficiente para procurar ajuda médica.
Existem três tipos de dores nas mamas: cíclicas, não-cíclicas e dores extra mamárias.
A maioria das dores mamárias são consideradas cíclicas e uma pequena parte é considerada não-cíclica. Dor cíclica é aquela que está associada às variações hormonais do ciclo menstrual, surgindo, habitualmente, uma semana antes da menstruação. A dor não-cíclica é aquela que não segue um padrão mais ou menos previsível, podendo ser constante, intermitente ou apenas pontual.
Quando a dor cíclica é de intensidade moderada a forte, dizemos que a paciente tem mastalgia cíclica, o incômodo é tão importante que pode atrapalhar a vida sexual, social e as atividades físicas nos dias que antecedem a menstruação.
Outra causa comum de dor cíclica nos seios é a chamada doença fibrocística da mama. São nódulos císticos benignos que podem surgir na mama ao longo da vida devido a estímulos hormonais.
Ao contrário das dores cíclicas, a dor mamária não-cíclica não mantém relação com o ciclo menstrual e costuma acometer apenas uma das mamas. Entre as causas comuns de dores não-cíclicas, podemos citar: Mamas muito grandes, Mastite, Trauma na mama, Ectasia ductal, Gravidez, Câncer da mama, Cirurgia prévia da mama, Medicamentos, entre outros.
As causas de dor extra-mamária, são problemas fora da mama, como dor muscular na região do tórax, lesões nas costelas, herpes zoster, fibromialgia, problemas de coluna, etc.
Na imensa maioria dos casos, a mastalgia não é um sinal de doença grave das mamas, porém isso não significa, que a paciente deixe de ser orientada, excluindo câncer e outras doenças.

Se a Dor mamária for persistente não deixe de procurar seu ginecologista para tentar esclarecer a origem da sua dor. O melhor tratamento para qualquer diagnóstico é a prevenção.

Open chat
Precisa de Ajuda?